Daily Archives: 17/07/2015

Enigma, Caves Dom Teodósio , 100% Syrah, Tejo, 2012

enigma_garrafa

Tejo acima, talvez de falua primeiro, sorvendo a paisagem da lezíria, depois de carroça ladeando o Montejunto, a varanda da Extremadura, até Rio Maior, para conhecer o Syrah das caves Dom Teodósio, que agora pertence ao grupo Enoport. Grupo este que juntou algumas das mais antigas e emblemáticas empresas de vinho Portuguesas com reconhecimento nacional e internacional, tais como as Caves Velhas, Caves Dom Teodósio, Adegas Camillo Alves, Caves Acácio, Caves Monteiros e Caves Moura Basto.

Este mesmo grupo detêm uma outra marca, a Quinta de S. João Baptista, que o Blogue do Syrah teve oportunidade de apresentar aqui, esse sim de qualidade bem acima deste.

enigma_vinhas

A Caves Dom Teodósio foi fundada em 1924 por João Teodósio Barbosa. A companhia está especializada na produção, engarrafamento, comercialização e exportação de vinhos, espumantes e bebidas espirituosas. A sede, em Rio Maior, que já referimos, no centro de Portugal, inclui instalações produtivas de engarrafamento, serviços comerciais, marketing e administrativo, armazéns de vinho e laboratório bem como o armazém central.

Enigma é pois o nome do Syrah. Nome que só por si faria prometer um grande Syrah, até porque a palavra significa algo secreto e invisível, com um significado oculto por revelar, até o rótulo bem desenhado conduz nesse sentido. Tudo levaria a crer pois que a demanda seria frutífera. Tal não acontece, infelizmente. O Enigma é um vinho desinteressante, sem génio… desprovido de arcanos e mistérios! Não traz nada de novo ao mundo dos Syrah portugueses, é um vinho aboleimado e, para além disso, tem um preço exorbitante, portanto nem no campo da relação qualidade-preço se consegue destacar. É verdade que a cadeia de supermercados onde é comercializado por vezes o coloca em promoção por metade do preço, mas mesmo assim não compensa face a outras propostas existentes no mercado.

enigma_adega

O enólogo de serviço é Carlos Eduardo e a graduação alcoólica é de 13%. Teve uma maturação de 6 meses em madeira de Carvalho Francês. As notas de prova dizem que possui uma “cor avermelhada e nariz delicadamente frutado, com suaves notas florais e vegetais a conferirem alguma complexidade ao conjunto, na boca é um vinho fácil, equilibrado e equilibrado, conta com um paladar frutado e levemente vegetal, o final de boca tem um comprimento e uma persistência medianos.”

As notas de prova podem até ser simpáticas mas a realidade no palato de quem o degusta fala sempre mais alto. Este Syrah, pela nossa parte, apenas merece a nota que lhe atribuímos. Outros que falem de sua justiça. Cá estaremos para os ouvir.

O escritor Raúl Ponchon escreveu que:

“Vinho dá poesia, poesia dá vinho.”

Este Syrah, poesia, é coisa que não dá, ou pelo menos com o verso, rima e sentimento da forma que gostamos!

Classificação: 14/20                                                     Preço: 8,99€

enigma_ft


 

O Blogue do Syrah teve a oportunidade de provar ontem, dia 18 de Julho, o novo Enigma Syrah, de 2014.
Nada se altera em relação ao que foi dito aqui da safra anterior anterior. A qualidade é a mesma e a classificação mantêm-se. O preço continua igualmente exorbitante.

Felizmente que há muitas promoções levadas a cabo pela cadeia de supermercados que disponibiliza este Syrah. Muitas delas a 50%. Foi o que aconteceu neste fim de semana!