Quinta da Romaneira, 100% Syrah, Douro, 2013

Desde o final do ano passado temos no mercado uma nova colheita do Syrah duriense Quinta da Romaneira de 2013.

O Blogue do Syrah provou-o em primeiro mão na Feira do Vinho de Lisboa em Novembro e apesar da sua frescura, muita fruta e taninos muito vivos, mostrou que tem potencialidades para prosperar, ou seja, para evoluir em garrafa. Hoje estamos a dar conta dos resultados sensoriais neste momento.

As notas de prova na ficha técnica dizem que  possui “notas exuberantes de especiarias como cominhos e canela no nariz. Maduro e cheio, mas também fresco e delicado, revelando deliciosas notas de alcaçuz no palato, com um final aveludado e persistente.” O vinho foi vinificado em cubas tronco-cónicas, equipadas com controlo de temperatura, a uma temperatura de cerca de 25º/28º. Esteve 14 meses em barricas de carvalho francês de 225 litros. O enólogo consultor deste projecto é o premiado António Agrellos.

Em 2013 o inverno foi extremamente chuvoso, chuva esta que se prolongou pela primavera com temperaturas inferiores à média. Esta situação foi benéfica pois veio repor os níveis de água no solo, que estavam muito baixos depois de dois anos secos. Seguiu-se um verão seco, praticamente sem chuva. Esta evolução das condições climáticas, condicionou fortemente a evolução do ciclo vegetativo, vindo a traduzir-se num anos de baixa produção, na atraso da maturação de cerca de dez dias. As uvas melhoraram significativamente e iniciamos a vindima a dez de Setembro, estando já em perfeito estado de saúde e maturação, que produziram mostos de qualidade extremamente elevada. Este syrah foi feito a partir de uvas colhidas neste tempo inicial.

A Quinta da Romaneira é uma quinta várias vezes centenária, com uma linhagem ancestral que remonta ao século XVII. Uma das cinco maiores Quintas do Douro (um total de 400 hectares, sendo que 86 hectares são de vinha e 12 de olival), possui cerca de 50 km de estradas no interior da propriedade e quase 3 km de frente de rio. Produtor de topo da região do Douro, é possuidor de algumas das maiores pontuações atribuídas a vinhos portugueses pelas mais prestigiadas revistas de vinho dos Estados Unidos, além de competições nacionais e internacionais. O vinho tinto donde se incluiu naturalmente o Syrah representa 75% da produção total da Romaneira.

A crítica de vinhos Jancis Robinson escreveu que “A melhor maneira de introduzir amigos ao mundo do vinho é abrir garrafas melhores do que eles estão acostumados, mas só falar de suas virtudes caso lhe seja perguntado.”
Aqui está com o Syrah 2013 da Quinta da Romaneira um bom exemplo que podemos levar a cabo com êxito!
Uma colheita a seguir com atenção!

 

Classificação: 18/20                           Preço: 19,00€


 

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.