Serras de Azeitão Rosé, Bacalhoa, 85% Syrah/15% de Moscatel Roxo, Setúbal, 2015

serras_azeit_garrafa

Da Bacalhoa, Setúbal, descobrimos este Syrah Rosé a 85%, logo com 15% de Moscatel Roxo. Parece que existe desde 2005. Há outro Syrah Rosé, também da Bacalhoa, que brevemente iremos apresentar.

Não deixa de ser estranho…
O Só Syrah, produzido de 1999 até 2008, foi descontinuado, segundo responsáveis da Bacalhoa, por “motivos financeiros” apesar de ser um belíssimo Syrah e se vender razoavelmente bem!
Em Rosé, os mesmos responsáveis têm dois Syrah e por aí parece que não há qualquer problema! É caso para dizer como o filósofo Blaise Pascal “…que há razões que a própria razão desconhece!” Adiante.

Vamos atentar neste primeiro Rosé. O produtor fala “de cor rosada pálida o Serras de Azeitão Rosé 2015 é muito marcado por aromas florais, como rosas e cravos, provenientes da casta Moscatel roxo; na boca estas sensações aromáticas são ainda mais intensas, que em conjunto com uma boa acidez, originam um vinho com um final seco, cheio, muito mineral e fresco.” Tem 12% de graduação alcoólica. Não teve estágio em madeira e a temperatura ideal situa-se entre os 10 e os 12 ºC.

serras_azeit_vinha

A enóloga de serviço é Filipa Tomaz da Costa. Como já foi dito é produzido a partir das castas Syrah e Moscatel Roxo, provenientes de vinhas localizadas na Península de Setúbal. Após uma cuidadosa amostragem da uva na vinha as datas de vindima são marcadas para cada casta. Estas variedades foram vinificadas separadamente, usando-se métodos suaves na prensagem, fermentações do mosto a baixa temperatura visando a conservação dos aromas primários da uva. A uva entra na adega é refrigerada e suavemente prensada; o mosto obtido, depois de defecado fermenta a baixas temperaturas (10–12ºC) conseguindo-se assim uma fermentação muito lenta visando a preservação dos aromas das castas. Os vinhos varietais são então loteados, contribuindo aqui o Moscatel Roxo para os aromas florais como o de rosas. Após o loteamento, procede-se à estabilização proteica e tartárica, seguida de filtração. Acompanha bem sopas e pratos de peixe, e mesmo pratos leves de carne ou de cozinhas mais condimentadas dado o seu corpo e complexidade aromática. Recomenda-se também queijo nomeadamente o queijo de Azeitão. Culinária Vegetariana então nem se fala: combinação perfeita!

O escritor Juan Sorapán de Rieros disse:
“O vinho é uma das coisas mais antigas que se conhecem desde o dilúvio universal até ao nosso tempo”
Boa deixa para quem gostar de Rosé poder aproveitar o tempo quente que atravessamos com este Syrah da Bacalhoa!

 

Classificação: 15/20                                                      Preço: 2,99€

serras_azeit_ft_1 serras_azeit_ft_2


 

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.