Cortes de Cima Syrah, Cortes de Cima, 100% Syrah, Alentejo, 2012

cortes_garrafa

Costuma-se dizer que não há duas sem três! E no caso dos Syrah de Cortes de Cima é mesmo verdade.

Hoje vamos apresentar o terceiro Syrah na sequência que escolhemos para Cortes de Cima. Já falamos do Homenagem a Hans Christian Andersen e do Incógnito. Hoje é a vez do Syrah gama de entrada, simplesmente chamado Cortes de Cima Syrah. Dos três é o menos empolgante mas nem por isso desce do patamar electivo. Há quem diga que é pouco interessante, e aqui discordamos. Tudo o que vem daquela região mítica não pode deixar de ser acima da média. O que lhe está por detrás já foi por nós contado nos textos anteriormente referidos.

Há aqui sim um aspecto que queremos enfatizar: o preço elevado para a gama que representa. Respondem os representantes da propriedade com a história, com a procura e com as vendas que esgotam os stocks. Outros Syrah de qualidade têm preços bem mais simpáticos porque não se chamam “Cortes de Cima” e não carregam o fardo de terem sido o motor da implementação da casta Syrah no Alentejo e daí a projecção que ganhou no resto do país. Temos de aceitar a argumentação. Adiante.

Este Syrah de 2012 é a 17º vindima. Depois de um inverno frio e seco e de uma primavera também fria e seca, chegou um verão excepcional. Todos conduziram a uma apanha de qualidade! Este vinho foi produzido exclusivamente a partir da casta Syrah. As uvas foram rigorosamente seleccionadas pelo que estavam num óptimo estado de maturação. Foram fermentadas sem engaço, a temperaturas controladas, e alargado período de maceração das películas para melhorar o aroma a frutos e conseguir um bom equilíbrio e estrutura de taninos. Envelhecido durante 8 meses em barricas de carvalho francês e americano até altura do engarrafamento em Julho de 2013. A data de lançamento foi Julho de 2014.

As notas de prova que escolhemos dizem que tem “aromas a fruta com caroço e de bago preto, com notas de baunilha e especiarias. No paladar é sumarento e bem equilibrado por taninos densos que proporcionam uma excelente estrutura.” A graduação alcoólica é de 14%.

A colheita, produção e engarrafamento foram feitos na propriedade familiar. A produção total foi de 50.220 garrafas.

Neste último ano o Blogue do Syrah teve a possibilidade de apreciar, sempre com enlevo, várias garrafas deste Syrah, mas do ano 2002, e que está ainda impecável de nariz e de boca, com possibilidade de evolução positiva. Constantemente somos de confirmar que a nossa casta de eleição envelhece mesmo muito bem!

Ainda sobre a questão do preço dos Syrah em Cortes de Cima, e para terminarmos por hoje será bom lembrar Thomas Jefferson quando diz: “Não há nenhum país bêbado onde o vinho é barato”!

 

Classificação: 16/20                                                     Preço: 13,00€

cortes_ft


 

1 thought on “Cortes de Cima Syrah, Cortes de Cima, 100% Syrah, Alentejo, 2012

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.